Bolo veludo vermelho (Red Velvet)

Esta receita dá para fazer um bolo ou queques. Nunca tinha usado corantes em bolos e pelo que tenho lido e ouvido, para a cor ficar mais intensa deve ser usado corante em gel. Como eu tinha corante líquido a passar o prazo, usei esse e dobrei a quantidade. Quem não quiser usar corantes, pode usar sumo de beterraba. Para mim o creme ficou muito doce e talvez da próxima retire um pouco à quantidade de açúcar, mas para quem gostar muito de doces… perfeito! 

Ingredientes (para 1 bolo ou 24 queques)

-250g de farinha sem fermento
-2 colheres (de sopa) de cacau em pó
-2 colheres (de chá) de fermento em pó
-1/2 colher (de chá) de bicarbonato de sódio
-100g de manteiga sem sal
-200g de açúcar
-1 colher (de sopa) de corante alimentar vermelho em gel ou 2 colheres se for em liquido
-2 colheres (de chá) de extrato de baunilha
-2 ovos
-175ml de buttermilk (leite com sumo de 1/2 limão pequeno)
-1 colher (de chá) de vinagre de sidra (ou outro vinagre)

Cobertura de manteiga e queijo creme

-500g de açúcar em pó
-125g de queijo-creme
-125g manteiga sem sal
-1 colher (de chá) de vinagre de sidra ou de sumo de limão
-framboesas para decorar

1. Ligar o forno nos 170ºC;
2. Misturar a farinha, o cacau, o fermento e o bicarbonato de sódio;
3. Numa outra taça, bater a manteiga com o açúcar até envolver bem. Juntar o corante e o extrato de baunilha;
4. Juntar uma colher da mistura de farinha e 1 ovo. Continuar a bater;
5. Juntar mais uma colher de farinha e o outro ovo. Bater bem. Juntar o leite e o vinagre e bater bem até ficar tudo misturado;

6. Dividir a massa e verter em duas formas untadas com manteiga e polvilhadas com farinha ou em forminhas de papel (no caso dos queques). Levar ao forno durante cerca de 15 a 20 minutos;
7. Bater o açúcar com o queijo e a manteiga até ficar um creme homogéneo. Juntar o vinagre ou o sumo e bater mais um pouco até ficar um creme macio;
8. Desenformar os bolos e deixar arrefecer completamente numa grelha para bolos antes de rechear e cobrir. Decorar com framboesas ou outros frutos vermelhos.



Fonte: Livro “Cozinha, o coração da casa”, Nigella Lawson, Civilização Editora

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *